Flores das silvas, são flores que nos dão amoras bravas das silvas que nos matam a fome e a sede e, quando colhidas na devida oportunidade, podem ser consideradas um manjar.

Há um ano, no tempo das amoras, encontrei um homem a apanhar amoras de silvas, junto ao Hospital Amadora-Sintra. Perguntei-lhe porque apanhava as amoras e ele disse-me que eram para comer. Que esteve emigrado em França e que sempre que podia, matava saudades das amoras das silvas que sempre havia fartura pelos nossos campos.

Nos dias de folga, nos tempos das amoras ele palmilhava os campos de França para matar saudades das amoras dos seus tempos de juventude. As pessoas suas amigas achavam que ele exagerava em palmilhar terrenos para arranjar amoras, mas ele nunca estava só. Os franceses também gostavam!

 E ele ficou a saber que as suas saudades das amoras das silvas eram semelhantes às minhas. Hoje vejo as silvas iniciar o seu crescimento, vejo as flores nascerem e crescerem e amanhã, bem próximo, verei as amoras verdes, depois pintarem, ficarem vermelhas e tornarem-se negras! Talvez dê uma dentada numa ou noutra, mas a minha vontade já não é a mesma de antigamente.

Mas gosto de ver que as silva sobrevivem. Por vezes até demais.

Ah! Como podem ver, estas flores são flores de Primavera, mas passam como nós, pelo Inverno.

 Apoiemos a Selecção Nacional. Vamos a eles!

Em todo o mundo há flores lindas, como as minhas Flores de Inverno ou Flores da Vida mas, não ofuscam as flores das minhas Montanhas Lindas

tags:
publicado por Ventor às 15:08