O encanto amarelo e castanho das paixões solarentas da velha Ibéria. Uma flor que me apetece roubar quando passo a o lado.

Set,14-ol 006.jpg

Girassol

Este não foi roubado, foi-me oferecido por quem não me quis ver chorar por um belo exemplar que rodopiava em torno do meu amigo Apolo. Cinco euros, para ter na mão esse belo exemplar que alguém matou para perder Apolo para sempre numa loja de Lisboa.

Mas, vindo comigo, ele vai continuar a ver Apolo acenar o seu "até amnhã".

Em todo o mundo há flores lindas, como as minhas Flores de Inverno ou Flores da Vida mas, não ofuscam as flores das minhas Montanhas Lindas

publicado por Ventor às 13:30