Viver o passado em... qualquer sítio. Eu consigo através das flores, dos bichos, do meu amigo Apolo, da minha amiga Diana e sei lá ...

Ao mesmo tempo que vejo o tempo voar para longe, mais longe que o próprio tempo, eu revivo tudo. Tudo, até o escaravelho da batata!

Mas adoro as flores no meio das quais nasci, vivi e cresci. Flores como estas. Flores da macieira. Ontem no meio de uma das minhas caminhadas, encontrei uma jovem macieira florida e senti que o mundo continua... Continua pedalando em mais esta Primavera com a qual eu procuro caminhar também. Eis mais algumas das minhas flores. Só macieira!

Abr,12 006.jpg

Flor da macieira

Abr,12 007.jpg

Botões de flores de macieira

Abr,12 008.jpg

Mais flores

Abr,12 009.jpg

Mais botões

Abr,12 010.jpg

Mais flores ainda

Abr,12 011.jpg

Ainda mais ... e eis um jardim!

Digam lá que não é uma beleza! Imaginem-se num pomar de macieiras e apreciem a beleza desta flor. É uma beleza natural e, para mim, isso basta-me!|

Em todo o mundo há flores lindas, como as minhas Flores de Inverno ou Flores da Vida mas, não ofuscam as flores das minhas Montanhas Lindas

publicado por Ventor às 14:34