Em nome do  Ventor e de todos os gatos, eu saúdo a tua chegada!

A Primavera é a renovação da vida. Neste caminhar do nosso planeta, vamos encontrar um ponto no nosso Universo que se chama equinócio de Março. Esse ponto é a passagem do sol pelo Equador, abandonando o Hemisfério Sul e passando para o Hemisfério Norte. Nesse preciso momento começa a Primavera, a estação do ano a que costuma chamar-se, a estação das flores.

  

Mas se notarem bem as flores nunca acabam! Quando a Primavera chega, podemos verificar que ela é brindada com um mundo florido trabalhado pelo seu irmão Inverno. O Inverno, seu irmão mais velho, estende-lhe um tapete de flores antes de morrer para que a sua maninha nova caminhe sobre ele feliz e divertida.

 

O Inverno presenteia a Primavera com flores lindas. Ele cria as mais belas flores selvagens para oferecer à sua irmã. Quando ela aparece já os montes estão amarelos, azuis, vermelhos, brancos. Já os pomares estão multicoloridos com as flores dos pessegueiros (com a cor do amor), das ameixieiras, dos abrunheiros, dos …

 

Já os carvalhos estão floridos e começam a vestir faustosos fatos verdes para nos agradarem.

 

Já as pessoas começam a observar melhor a caminhada das flores e, entretanto, a Primavera corre por entre elas, com o seu diadema florido em redor da cabeça a desafiar o Ventor para novas cavalgadas. Tudo se renova, até o espírito de homens e gatos.

 

 As aves migradoras trazem alegria nas suas caminhadas, infelizmente, este ano, são olhadas de soslaio por poderem carregar com elas o H5N1, mas continuam a ser lindas. Elas tal como as andorinhas, as cegonhas e outras, vêm para casa renovar a vida, caminhando no cheiro das flores.

Mas que melhor vida queremos que assistirmos à Primavera a correr descalça, a nossa lado, mostrando-nos todos os seus tributos?

 

 Olhem o nosso amigo Apolo, caminhem e sorriam.

Em todo o mundo há flores lindas, como as minhas Flores de Inverno ou Flores da Vida mas, não ofuscam as flores das minhas Montanhas Lindas

tags:
publicado por Ventor às 19:40